Pesquisar neste blog

Carregando...

sábado, 29 de setembro de 2007

Eu te vi (Jo 1,47-51) (29/09/07)

"Eu te vi."

        No dia 24 de agosto já iniciamos a reflexão sobre esta passagem bíblica, aliás, naquele dia a leitura ia do versículo 45 ao 51, e na ocasião eu me detive mais nestes 2 versículos que não entraram no Evangelho de hoje. Então a reflexão de hoje será uma continuação da que começamos naquela ocasião (http://reflexaoliturgiadiaria.blogspot.com/2007/08/reflexo-sobre-o-evangelho-do-dia-24-de.html).

        Observe quantas vezes o verbo "ver" foi citado neste texto: 5 vezes! Mas nem sempre o "ver" daqui é sinônimo de "olhar". Jesus viu Natanael chegar e disse que ali vinha um "israelita de verdade, sem falsidade". Em seguida é que vem uma parte interessante... Natanael pergunta: "De onde me conheces?" E a resposta de Jesus é, no mínimo, intrigante. Preste atenção: "Antes que Filipe te chamasse, enquanto estavas embaixo da figueira, eu te vi." Jesus respondeu a pergunta de Natanael? Aparentemente, não. Mas a resposta de Jesus, para Natanael, foi tão perfeita, que na mesma hora ele reconheceu "o Filho de Deus, o Rei de Israel". A pergunta que não quer calar: O QUE NATANAEL ESTAVA FAZENDO EMBAIXO DESSA FIGUEIRA?

        A psicologia diz que todos nós, na maioria das vezes quando estamos diante de alguém, representamos. E isso acontece até com os bebês. Quando percebemos que estamos sendo observados, não agimos da mesma forma que quando não estamos sendo observados. E é no momento em que não estamos sendo observados que nós realmente deixamos vir à tona o nosso íntimo... aquilo que está no nosso CORAÇÃO e que somente nós conhecemos. E você só pode dizer que conhece uma pessoa, de verdade, se você conhecer o CORAÇÃO dela.

        Nós nunca saberemos exatamente o que Natanael estava fazendo embaixo daquela figueira. Naquele momento, Natanael não imaginava que estava sendo observado. Mas Jesus observou atentamente e tirou uma conclusão desta sua observação: "Aí vem um israelita de verdade, um homem sem falsidade". Jesus era DISCRETO, não disse o que Natanael estava fazendo naquele seu momento pessoal.

        Sócrates dizia: "Conhece-te a ti mesmo." Quer saber quem você é? Observe que direção seus pensamentos tomam, quando você está completamente sozinho... Não se preocupe, ainda não inventaram um jeito de ver seus pensamentos. É quando você se despreocupa de passar qualquer imagem, que você mostra realmente o que tem no seu coração. Quem consegue captar esses momentos (como Jesus captou o de Natanael) tem um dom especial: conhecer o íntimo de uma pessoa, às vezes até melhor do que a própria pessoa.

        Não gostou do caminho que os seus pensamentos seguem quando você deixa eles voarem por eles mesmos? Eles vão para o pecado, para a depressão, para lugar nenhum?... Não se preocupe, isso tem uma solução. O nosso inconsciente é burro. Não consegue diferenciar o entre o certo e o errado. Nós temos que alimentá-lo, conscientemente, com coisas boas. Escute uma música bonita, leia algo prazeroso, converse com alguém alegre, viaje, aprenda algo novo, assista um bom filme... O seu inconsciente vai ficar repetindo isso ao seu coração... e quando Jesus te ver no teu quarto, sozinho, e disser que te viu, você saberá que Ele te conhece, verdadeiramente.

 

Jailson Ferreira

jailsonfisio@hotmail.com



Conheça o Windows Live Spaces, a rede de relacionamentos conectada ao Messenger! Crie já o seu!

4 comentários:

  1. Jailson, obrigado pelas suas explicações, pois sou secretario de um grupo de jovens e sempre busco esclarecimentos em sua pagina e comc erteza tem me oferecido grade ajuda, que Deus te abençoe.

    Paz e vida.

    Fabiano Nakata, Tupaciguara - MG.

    ResponderExcluir
  2. Prezado Jailson Ferreira,
    Deus te abençõe!
    Quero parabenizá-lo por essa reflexão tão bela. Que o senhor continua te ungindo e abençoando. Abraços, Pe.José Nilde.

    ResponderExcluir
  3. À paz para todos, segundo alguns estudiósos da palavra de Deus, Natanael era um sobrevivente da matança que herodes ordenou quando soube do nascimento de Jesus,na tentativa de matar o messias, isso era um segredo que natanael e sua mãe carregavam, pois se alguem soubessem antes de Jesus aparecer,natanael poderia ser morto pelo filho de herodes que reinava em seu lugar, quando Jesus diz: antes que filipe te chamasse, ele quis dizer realmente bem antes, pois a mãe de natanael o escondeu debaixo de uma figueira quando fugia com ele para o campo, e avistou os soldados do rei,quando ele tinha aproximadamente 1à2 anos de idade, Nesse momento Jesus não só revelou para natanael e para todos que ali estavam que ele era o messias, mais também retirou um peso enorme das costa de natanael,por isso a conversão imediata dele,pois só Deus poderia saber disso alem de natanael e sua mãe.,,,Odilon Santana.

    ResponderExcluir