Pesquisar neste blog

Carregando...

sábado, 20 de outubro de 2007

Reflexão: Evangelho do dia 20 de outubro (Lucas 12,8-12)

Você sabe qual a ÚNICA forma de ir para o inferno?

        No Evangelho de ontem Jesus fala aos 12 Apóstolos em particular, o de hoje é a continuação. Ontem Ele fala que "não devemos temer a quem pode matar apenas o corpo, mas devemos temer Àquele que pode nos condenar ao inferno". Mas conclui dizendo que não precisamos ter medo, porque o Pai nos conhece, e para Ele nós valemos muito!

        Hoje Jesus continua o discurso respondendo 3 perguntas: Quem será nosso Advogado perante o Pai? O que devemos (e o que não devemos) fazer para poder contar com esse Advogado? Quem será o nosso Advogado perante os homens?

        O nosso Advogado perante o Pai será o próprio Jesus, que dará testemunho de nós, CONTANTO que nós também demos testemunho dEle aqui neste mundo, perante os homens. Jesus chega a dizer que aceita até que falem mal dEle, que serão perdoados, mas não aceita que blasfemem contra o Espírito Santo. E este é um ponto que deve ser refletido. O que é uma blasfêmia contra o Espírito Santo? É importante saber, já que este é o único pecado que não tem perdão, e o próprio Catecismo da Igreja Católica afirma que é o único pecado que leva para a condenação eterna.

        Conceitos básicos: o Pai CRIOU, o Filho veio para SALVAR, e o Espírito Santo é o SANTIFICADOR. É importante saber que o Pai tem a vontade de perdoar sempre, e quando Ele perdoa, estamos salvos. A única maneira dEle não perdoar é quando NÃO RECONHECEMOS QUE PECAMOS ou NÃO NOS ARREPENDEMOS DO PECADO. Nesse caso, não pode haver perdão.

        Gary Fisher, um estudioso da Bíblia, diz em seu excelente artigo "O que é blasfêmia contra o Espírito Santo?" que a própria Bíblia ensina que existem casos em que a pessoa vai para tão longe de Deus, que não é possível mais voltar, e cita trechos como o que fala dos corações endurecidos (Hebreus 3), e do próprio Jesus que fala do solo que foi pisoteado e compactado a ponto que nenhuma semente pode germinar (Lucas 8,5). Onde não existe a aceitação do Espírito Santo, não há mais nada que Deus possa fazer, então o destino final desta pessoa, após a morte do seu corpo, é a morte do seu espírito em um "fogo eterno".

        Por fim, quem será o nosso Advogado perante os homens? O Espírito Santo! Os primeiros anos do Cristianismo foram muito difíceis, e Jesus precisou preparar seus discípulos para o que eles iriam enfrentar quando Ele partisse. As provações seriam imensas, mas o testemunho deles, morrendo em nome de Jesus, seria a prova de que eles acreditavam na mensagem do Mestre até as últimas conseqüências.

        Que saibamos receber o Espírito Santo, e deixemos que Ele haja em nós. Até nisso Jesus pensou, e ensinou o que devemos fazer para que o Espírito possa agir: "...não fiqueis preocupados (...) o Espírito Santo vos ensinará o que deveis dizer." É quando aquietamos o nosso coração, que podemos ouvir o sussurro do Espírito Santo a nos guiar. Quem vive no barulho dos próprios pensamentos, como se tivesse medo de escutar a voz da própria consciência, não vai saber do que eu estou falando... Mas pode experimentar... Basta querer... O Espírito Santo se move em você...

 

Jailson Ferreira

jailsonfisio@hotmail.com



Encontre o que você procura com mais eficiência! Instale já a Barra de Ferramentas com Windows Desktop Search! É GRÁTIS!

Um comentário:

  1. Como fazer para escapar, de uma vez por todas e para sempre, do pecado repetido que não se consegue deixar?

    ResponderExcluir