Pesquisar neste blog

Carregando...

sexta-feira, 26 de outubro de 2007

Reflexão: Evangelho do dia 26 de outubro (Lucas 12,54-59)

Sabedoria para fazer a justiça e para negar o orgulho

        Jesus vem hoje nos adverter quanto as nossas atitudes e nossa sabedoria! Esta, excelente quando voltada para os conhecimentos técnicos, profissionais, racionais e terrenos, muitas vezes não é utilizada para julgar nossas próprias atitudes. Entretanto, quando uma outra pessoa age de maneira errada, logo sabemos fazer um julgamento: sabemos dizer que ela errou ao passar por cima de alguém para conseguir tal mérito; ao julgar o próximo e condená-lo sem mesmo, antes, saber da verdade; ao pedir um valor emprestado sabendo que não teria como pagar... Bem, quando nos colocamos na posição de juízes, encontramos vários erros nas atitudes dos outros, e o nosso conhecimento racional, nossa sabedoria terrena, nos é suficiente para julgar a atitude como certa ou errada. Porém, quando somos os réus, nossa sabedoria é utilizada para o oposto. Ela não serve mais para fazer um julgamento do que é certo ou errado, do que foi feito e do que deveria ter sido feito; ela simplesmente consegue arranjar desculpas, motivos, razões que justifiquem os meios; seguindo a tão conhecida frase de Maquiavel "os fins justificam os meios". Mas será que isto é realmente verdade? Talvez algumas pessoas estejam pensando que essa frase não foi realmente dita por ele e que ela é muitas vezes mal interpretada, como li em alguns textos que diziam para avaliá-la em um contexto. Sendo assim, podemos refletir: aos olhos de Deus, ao coração de um bom cristão, será que os meios são realmente justificados pelos fins? Roubar de alguém para não morrer de fome? Matar uma pessoa para não morrer? Enganar alguém para não fazer sofrer, agora? Mentir para não ser condenado? Esconder para não ser descoberto?

        Bem, essas são perguntas que nosso próprio coração nos responderá! Depende, apenas, de nos colocarmos como juízes ou réus, de escolhermos ser justos ou "espertos". Pois tudo é relativo, tudo depende do ponto de vista, uma coisa que é ruim ou errada pode ser certa ou boa. Mas e para Deus??? Quando Jesus nos diz: "Quando vedes uma nuvem vinda do ocidente, logo dizeis que vem chuva. E assim acontece. 55Quando sentis soprar o vento do sul, logo dizeis que vai fazer calor. E assim acontece. 56Hipócritas! Vós sabeis interpretar o aspecto da terra e do céu. Como é que não sabeis interpretar o tempo presente? 57Por que não julgais por vós mesmos o que é justo?" Ele sabe que somos capazes de interpretar os acontecimentos do céu e da terra e suas conseqüências, assim como sabemos julgar nossas atitudes e o que elas podem causar. E por que não agir corretamente ou nos julgar com justiça quando erramos???

        Talvez os versículos 58 e 59 nos respondam melhor a esta pergunta. "58Quando, pois, tu vais com o teu adversário apresentar-te diante do magistrado, procura resolver o caso com ele enquanto estais a caminho. Senão ele te levará ao juiz, o juiz te entregará ao guarda, e o guarda te jogará na cadeia. 59Eu te digo: daí tu não sairás, enquanto não pagares o último centavo". Muitas vezes o nosso orgulho não nos permite reconhecer o erro e voltar atrás, pedir desculpas, consertar o que é possível nas conseqüências que deixamos... Então vamos "empurrando com a barriga" a situação que gera um ciclo-vicioso e quando finalmente percebemos, já estamos diante do juiz. E o pior não será diante do juiz terreno, mas do juiz celeste, que sabe agir com justiça e não nos permitirá usufruir do Reino dos Céus, sem antes pagar o que devemos, consertar com boas ações o que erramos.

        Sejamos humildes para reconhecer nossos erros, deixar o orgulho de lado e usar nossa sabedoria para julgar apenas a nós mesmos, sem ficar olhando o cisco no olho do irmão. Quem sabe assim, é possível reverter o mau que fizemos ainda aqui na terra!

 

OBS: Como Jailson Ferreira não pôde escrever hoje, ele me pediu para que eu fizesse a reflexão deste dia. Espero que tenha sido útil à vida de todos. Fiquem com Deus.

 

Manuele Jardim



Encontre o que você procura com mais eficiência! Instale já a Barra de Ferramentas com Windows Desktop Search! É GRÁTIS!

Nenhum comentário:

Postar um comentário