Pesquisar neste blog

Carregando...

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

A justiça de Deus e a dos homens (Lc 6,36-38) (18/02/08)

A justiça de Deus e a dos homens

        O Evangelho de hoje nos propõe algo que não é fácil, principalmente para aqueles que já sofreram (ou sofrem) pelas atitudes erradas de outra pessoa. A proposta é: "Sede misericordiosos, assim como vosso Pai é misericordioso. Não julgueis e não sereis julgados, não condeneis e não sereis condenados, perdoeis e sereis perdoados." Então quando alguém me fizer mal, eu não posso julgar nem condenar? Tenho que perdoar?

        O maior sinal da misericórdia de Deus é que estamos vivos, livres para acertar ou errar novamente com Ele. E observe que em todas as situações da sua vida você tem a opção de agir da forma que quiser, isso é o que chamamos de livre arbítrio. Ou seja, Deus não nos obriga a agir da forma que Ele gostaria. Isso não seria Amor... Mas nem sempre nós agimos corretamente... E mesmo assim, Deus nos dá outras oportunidades...

        Quando julgamos alguém por uma atitude, criamos um pressuposto de que aquela seria uma atitude que nós nunca cometeríamos. Mas será que não, mesmo? Pensamos assim: "Eu nunca roubaria!" E realmente, na condição social, moral, cultural e financeira em que você foi criado, você jamais roubaria. Mas aquela pessoa que roubou não teve as mesmas experiências de vida que você teve. Só Deus sabe o que aquela pessoa passou, até chegar ao ponto de se submeter ao crime para conseguir o que quer.

        Ah, então devemos ser passivos diante dessas pessoas? Perdoar e esquecer? E deixar espaço para que voltem a fazer o mal novamente? Não foi isso que Jesus disse. A mensagem que Ele resume toda a Lei e os profetas é simples: "Fazei aos outros o que quereis que vos façam." Devemos, portanto, colocarmo-nos no lugar do outro e procurar entender as razões que o levaram a fazer tal gesto. É muito fácil dizer que perdoou e passar a ignorar a pessoa que fez mal... isso qualquer um pode fazer. O que diferencia o autêntico cristão é esse algo mais: se você estivesse no lugar daquela pessoa que agiu errado, como você gostaria de ser tratado?

 

Jailson Ferreira

jailsonfisio@hotmail.com



Um comentário:

  1. sei q perdoa è dificil, mais sempre qremos o perdao de deus,mais tem coisa q so deus pra nos dar forças pra perdoa ,como por ex a traiçao è impossivel perdoao como humano, so deus pra nos da forças

    ResponderExcluir