Pesquisar neste blog

sexta-feira, 22 de agosto de 2008

Maria, nossa Rainha! (Lc 1,26-38) (22/08/08)

        Hoje é o dia em que se celebra a Virgem Santa Maria, Rainha! Assim como temos a Festa do Cristo Rei, também temos um dia na Liturgia da nossa igreja para celebrarmos Maria como sendo nossa Rainha. Motivos não nos faltam, pois a mulher que Deus Pai escolheu para ser a Mãe do seu Filho não poderia ser uma mulher qualquer.

        No Evangelho o destaque de hoje vai para um detalhe especial: mesmo sendo a escolhida de Deus, o anjo Gabriel usa a expressão "cheia de graça". Ao pé da letra, a palavra "graça" é utilizada para algo que é dado mesmo sem o merecimento da pessoa que recebe. E em seguida o anjo repete a expressão: "...encontraste graça diante de Deus." Essa é mais uma das passagens bíblicas que os nossos irmãos evangélicos gostam de se utilizar para tentar diminuir a realeza de Maria. E aí eu faço apenas uma pergunta: Será que se Maria não tivesse merecido, Deus teria confiado o seu Filho único aos cuidados dela e de José? Pergunte isso ao seu irmão evangélico.

        Maria é a Rainha que não veio para ser servida, mas para servir. E para ensinar a servir e obedecer ao seu Filho. Ela não veio para se igualar a Jesus, mas para servir de ponte até Ele. Maria é a Rainha Mãe, que é suave e cheia de ternura com seus filhos, mas que também é "temível como exército em ordem de batalha" para defender seus filhos, nós.

        Meus irmãos, nós temos uma Mãe para nos defender, para interceder por nós, para nos guiar, para nos acolher, nos consolar e nos ensinar a amar. Tantas foram as mulheres santas que já passaram por esse mundo, e seguindo o exemplo de Maria, se mantiveram fiéis à vontade de Deus em suas vidas, e ajudaram a construir um pedacinho de Paraíso aqui nesse mundo... Tantas mães anônimas, que cumprem seu papel de cuidar dos filhos, mesmo sabendo que um dia eles irão crescer, e nunca serão capazes de retribuir o amor imenso que lhes foi depositado... Assim foi o Amor de Maria para com Jesus... E é esse Amor que Jesus quis compartilhar com João e conosco quando na cruz disse: "Mulher, eis aí o teu filho. Filho, eis aí tua mãe."

        Maria, adota-nos como filhos teus. Cuida de nós como cuidaste de Jesus. Dá-nos a criação que tu deste a Jesus. Ensina-nos a andar, falar, sonhar, se comportar, conversar, olhar, ler... assim como ensinaste a Jesus... E quando chegar o dia de nossa morte, intercede por nós, Mãezinha, para que possamos viver eternamente na presença de Deus... Amém.

 

Jailson Ferreira

jailsonfisio@hotmail.com

www.reflexaoliturgiadiaria.blogspot.com

14 comentários:

  1. Pôxa irmão!!! Ficou muito legal o novo meio de comentar. Achei nota 10 a avaliação também!!! Era bem isso que eu esperava!
    Parabéns pelo teu esforço! Que Deus use essa ferramenta como termômetro para sempre melhorarmos nossas reflexões!!!

    ResponderExcluir
  2. Fico muito mais CLEAN todo o blog! Parabéns pelas mudanças! Deixar a reflexão e logo abaixo a Palavra de Deus é ótimo porque a pessoa pode logo entender a que passagem vc está se referindo. Colocar ao lado as reflexões recentes ao invés de abaixo da reflexão atual tb achei genial. E tem até um TOP comentaristas!!!! Hehehe... A opção de enviar a reflexão pro e-mail de um amigo agora recebeu destaque... Nota 1000!

    ResponderExcluir
  3. Ontem foi dia de pesquisar os blogs de quem sabe fazer blog. hehehehhe...
    Ainda virão algumas outras mudanças por aí, quando tiver um tempinho disponível.
    Agora vamos ver se os nossos leitores se estimulam a comentar mais, não é? ;)
    Valeu pelo incentivo, meu irmão!
    Abraço grande!

    ResponderExcluir
  4. A respeito do 3° e 4° paragrafo gostaria que refletissem nesse versículos:

    " Meus filhinhos, estas coisas vos escrevo, para que não pequeis; e, se alguém pecar, temos um Advogado para com o Pai, Jesus Cristo, o justo."1Jo 2,1
    (Biblicamente Jesus é quem nos defende é o nosso advogado)

    "...o Espírito Santo nos ajuda em nossas fraquezas; porque não sabemos o que havemos de pedir como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós com gemidos inexprimíveis.
    E aquele que examina os corações sabe qual é a intenção do Espírito; e é ele que segundo Deus intercede pelos santos.
    Rm 8,26-27 ( O Espírito Santo é o nosso único intercessor)
    "Mas aquele Consolador, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito"
    Jo14.26

    E a respeito do 5°parágrafo:
    "...Veio para o que era seu, e os seus não o receberam.
    Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome; Jo1,11.12
    (somos filhos adotivos de Deus mediante a crença em seu filho Jesus )
    "E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos
    Atos 4...

    ResponderExcluir
  5. Caro "Anônimo",

    Agradeço imensamente pela visita, pela leitura e reflexão deste texto sobre Maria, e pelo comentário. Fico feliz em saber que mesmo não concordando, você se deu ao trabalho de ler e pesquisar para argumentar o seu ponto de vista sobre o que está escrito nesta reflexão.

    Defendo o direito de expressar sua opinião, mesmo que não concorde com ela. Mas devo admitir que a respeito do que você colocou aqui, não há o que contestar. Os versículos que você citou aqui são bem conhecidos meus e dos estudiosos bíblicos católicos.

    Sabemos que o nosso Advogado PERANTE O PAI é JESUS CRISTO (1Jo 2,1).
    Sabemos que o ESPÍRITO SANTO foi enviado para interceder por nós perante o Pai (Rm 8,26-27 e Jo 14,26).
    Sabemos que aqueles que acreditam e seguem a Palavra de Jesus, passam a fazer parte da família de Jesus, pois são considerados Filhos de Deus (Jo 1,11-12 e Mt 12,50).

    Cremos na Trindade Santa: Pai (Criador), Filho (Redentor) e Espírito Santo (Santificador). E não criamos outro caminho para a nossa salvação. Quando falo de Maria não estou a colocando no lugar de Deus (3o parágrafo), estou dizendo que ela é uma ponte até Ele. Eu entendo perfeitamente se você não quiser precisar dessa ponte, caro irmão... E não tiro a sua razão. Mas acredite, às vezes eu preciso dela para chegar até Jesus... Se acreditamos que as pessoas santas vão para o céu, então é certo que Maria já está lá, pertinho de Jesus. E se o próprio Jesus entregou a sua mãe aos cuidados de João, e entregou João aos cuidados de sua mãe (Jo 19,26-27), não posso eu me colocar no lugar desse discípulo amado de Jesus e adotar Maria como minha mãe, para que ela também me adote como filho?

    É o Espírito Santo quem nos santifica, certo? Não estou dizendo que Maria é santificadora (4o e 5o parágrafo), mas que ela é exemplo. Garanto que se a minha mãe da terra morrer e for pro céu, ela vai ficar pedindo a Deus por mim sempre que tiver uma chance. Do mesmo jeito que se eu for um dia, vou ficar pedindo pelos daqui de casa, e por todos os que eu tiver oportunidade, até por você, se você quiser. Nas minhas orações à Maria é isso que eu peço, que se ela tiver oportunidade, peça ao Pai por mim. É certo que Deus já nos acompanha o tempo todo, mas se o meu erro for pedir que ela me ajude... não acredito que vá merecer o inferno por causa disso, ou que o meu pedido deixe de ser atendido por causa disso... Aliás, meus pedidos que passam pela intercessão dela costumam ser atendidos, viu? Por Maria ser repleta do Espírito Santo, ela também transmite esse Espírito (Lc 1,41); por ser intercessora, pede por nós (Jo 2,3); por ser a guia, nos mostra o Caminho (Jo 2,5); por ser exemplo, nos ensina a dar o SIM à vontade de Deus em nossa vida (Lc 1,38).

    Temos a opção de ter uma super-Mãe no Céu! Eu quero! Mas se você não quer, não tem problema. Acredito que você não vai ser melhor ou pior por causa disso, assim como eu também não vou ser, por querer tê-la como mãe. É tudo uma questão de fé, e nesse ponto cada um acredita no que quer. Só não podemos deixar de nos respeitar por um detalhe como esse.

    Grande abraço!
    Jailson.

    ResponderExcluir
  6. Quero dizer,que é interessante Jaílson, no começo voce se pronuncia para o anônimo que não concorda porém mais adiante voce diz que sabe de tudo que ele colocou, como é isso sabe mais não acredita? Se não há o que contestar por que não crer? Em momento algum desfazemos de maria como uma mulher agraciada e escolhida no meio de muitas, que teve como função específica ser um instrumento de Deus para que Jesus viesse ao mundo como homem, pois seria muito fácil para Deus, Jesus descer dos altos céus com os anjos onde toda a humanidade contemplaria e com grande temor se submeteriam a sua vontade ,porém esse não era o plano de Deus.Maria teve a incumbência de ser a mãe de Jesus homem, mas não a mãe de Jesus Deus, por isso que quando voces dizem ter maria como, intercessora ,protetora,consoladora,guia etc. Voces simplesmente estão anulando todo o plano de Deus, inclusive a morte de Jesus na cruz.Jaílson, o que não pode haver é dúvida ou confusão (pois diz a palavra de Deus que ele não é um Deus de confusão porém de paz.)Voce mesmo disse que muitas mulheres santas passaram por esta vida e seguindo o exemplo de maria se mantiveram fiéis fazendo a vontade de Deus.Primeira pergunta: Essas mulheres estão no céu? Estão no céu com Maria? se estão, o que as diferencia de Maria? essas mulheres obedientes a Deus podem ter filhos sem deixar de ser santas? Pois para voces maria não concebeu nehum filho de José depois do nascimento de Jesus.Será Joílson, que sua mãe por exemplo não pode ser santa por ter tido você? Somente por ter concebido voce não pode ser santa? pois eu tenho certeza que pode. Gravidez não é pecado e nem tão pouco Maria é diferente das outras mulheres, assim como Paulo,João,pedro,tiago etc, são iguais a todos os outros homens e alguns também eram casados.é preciso entender que Deus criou o homem e em seguida a mulher para o homem, e junto com eles o sexo,o que torna o sexo pecado diante de Deus é a forma como ele é praticado, apenas pelo prazer carnal e fora do casamento, como eu disse o nosso Deus não é de confusão a Bíblia diz "deixará o homem seu pai e sua mãe unir-se-á a sua mulher e serão uma só carne" Gn 2:24. Maria jamais seria pecadora por praticar sexo com seu marido,porém Jesus não poderia vir ao mundo sendo ele Deus, gerado por seres humanos mas sim pelo Espírito Santo.Joílson sexo e gravidez nos parâmetros de Deus(com amor e dentro do casamento)não é pecado.E Paulo nos fala muito sobre isso. e para encerrar, sobre o último parágrafo, realmente Maria deu todos os ensinamentos que Jesus precisava como filho(humano)mas o crescimento Espiritual foi o Espírito de Deus (Lucas 2:41-51).E sobre interceder por nós na nossa morte, só Jesus tem o poder de interceder por toda a humanidade.Em vida! Rm 8:26,27.Pois depois da morte não há mais o que interceder Hb 9:27. Joílson a Bíblia é a palavra de Deus e não podemos jamais contestá-la mas sim segui-la, por isso não podemos falar de nós, mas o que estiver na palavra, se não estamos sujeitos a falar o que não provém de Deus. Aquele que se diz Cristão segue a Cristo, sòmente a ele. Me dispeço dizendo que há divergencias religiosas mas que infelizmente não contribuem para o Reino de Deus aqui na terra.fique com Deus. Ronaldo, servo do Senhor.

    ResponderExcluir
  7. Irmãos, sem intenção de transformar esse espaço em uma arena de gladiadores, gostaria apenas de dizer que os argumentos apresentados pelo nosso irmão Ronaldo são frágeis e insípidos a qualquer um que entende um pouco da história de nossa Igreja.

    "Donde me vem a dita que a Mãe de meu Senhor venha visitar-me?" (Lc 1,43)

    O título "Théotokos" (Mãe de Deus) foi dado à Maria durante o Concílio de Éfeso (431), na Ásia Menor. A heresia de negar a maternidade divina de Nossa Senhora, portanto, é muito anterior até mesmo aos protestantes. Ela nasceu com Nestório, então Bispo de Constantinopla. Os protestantes retomaram esta heresia já sepultada pela Igreja de Cristo. Este é um problema de Cristologia e não de Mariologia.

    Se os irmãos quiserem mais detalhes sobre como essa hereria pode nos levar a a negar até a divindade de Cristo, favor solicitar-me.

    Por hora, sugiro que olhemos mais para o que nos une do que para aquilo que nos divide! A Igreja de Cristo caminha para sua unificação, que no meu ponto de vista não está longe de acontecer. Quando formos novamente um só povo, de um só Senhor, o Reino atingirá sua plenitude! Por ora, antes de criticarmos alguma opinião sem o devido embasamento histórico e teológico, sugiro uma pequena pesquisa sobre o assunto na história para não sairmos dizendo incongruências ou disseminando teses já resolvidas.
    Um abraço a todos em Cristo Jesus!

    ResponderExcluir
  8. Caros leitores reflitam nos seguintes versículos:

    "Disse Jesus eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim. (João 14:6)"

    Segundo a palavra de Deus ,não existe ponte que nos leva até ele ,mais sim um único caminho.E esse caminho e JESUS.

    No modelo de oração, Jesus nos ensinou a orar diretamente ao Pai: "Pai nosso que estás no céu..." Isso significa que por sermos filhos, temos plena liberdade para falarmos com o nosso Pai.
    Como Maria irá responder a tantas orações feitas ao mesmo tempo se ela nem é Onisciente (atributo este unicamente divino)?

    O desejo de Deus e que conheçamos a verdade e sejamos felizes.

    "Até agora não pedistes nada em meu nome. Pedi e recebereis, para que a vossa alegria seja perfeita". Jo16,24

    Que o Senhor abençõe a todos com essa mensagem,que não venhamos ficar furiosos uns com os outros e nem desrespeitando ninguém.

    Um grande abraço!

    Any

    ResponderExcluir
  9. Adrian Diego da Silva2 de setembro de 2008 13:05

    SOBRE MARIA

    O que se deveria pintar no rosto de Maria é um estupor ansioso, que apareceu somente uma vez sobre a face humana. Pois Cristo é seu filho, a carne de sua carne, o fruto de suas entranhas. Ela o trouxe por nove meses e agora, oferecendo-lhe o seio, seu leite se tornará o sangue de Deus.
    Em certos momentos, é forte a tentação de esquecer que Ele é Deus. Aperta-o em seus braços e diz: “meu querido”.
    Mas em outros momentos, Maria fica perplexa e pensa: ‘ Deus está aqui... ’ todas as mães, em certos momentos, param, assim, diante do próprio filho, desse fragmento rebelde de sua carne. Mas nenhum filho foi mais cruelmente e mais radicalmente arrancado da sua mãe. Pois Ele é Deus e supera, por todos os lados, o que Ela poderia imaginar.
    Mas penso que há outros momentos, rápidos e furtivos, em que Ela sente, ao mesmo tempo, que o Cristo é seu filho, seu bebê, e que Ele é Deus. Ela o olha e pensa: ‘Esse Deus é meu Filho... Ele é feito de mim mesma. Ele tem os meus olhos, e esta forma de sua boca é a forma da minha. Ele se parece comigo... ’ nenhuma mulher teve desse modo, o seu Deus só para si mesma; um Deus pequenino, que se pode tomar nos braços e cobrir de beijos; um Deus todo quente, que sorri e que respira; um Deus que se pode tocar e que ri.
    “É num desses momentos que eu gostaria de pintar Maria, se eu fosse pintor”.

    J. P. SARTRE

    Este é um texto escrito pelo filósofo, ateu, num campo de concentração alemão, durante a II Guerra, a convite de alguns padres, para as comemorações do Natal. A numeração é do tradutor Cl. Boff.

    ResponderExcluir
  10. Adrian Diego da Silva adriandiegodasilva@hotmail.com2 de setembro de 2008 13:19

    PALAVRAS DE LUTERO SOBRE MARIA

    "Esta única palavra 'Mãe de Deus' contém toda a honra de Maria. Ninguém pode dizer dela algo de maior. Ninguém pode exaltá-la convenientemente, ainda que tivesse tantas línguas quantas folhas crescem nas florestas, quantas graminhas há na terra, quantas estrelas brilham no céu e quantos grãozinhos de areia existem no mar".

    --------------------------

    "O que são os senhores e senhoras, os reis e monarcas desse mundo em comparação com a Virgem Maria, a Mãe de Deus, a mulher mais importante da terra? No meio do Povo de Deus ela é, depois de Cristo, a jóia mais preciosa. Essa imperatriz e rainha é tão digna, tão elevada, ela está tão acima de toda nobreza, sabedoria e santidade que nunca poderá ser suficientemente exaltada".

    --------------------------

    "(Na visitação da Virgem a Isabel) teria sido necessário, por justiça, encomendar a Maria um carro de ouro e conduzi-la com quatro mil cavalos, tocando a trombeta diante de sua carruagem e anunciando: 'Aqui vai a mulher mais bendita entre todas as mulheres, a Soberana do gênero humano'. Mas tudo isso foi silenciado: a pobre jovenzinha segue a pé, por um longo caminho e, apesar disso, é de fato a Mãe de Deus. Por isso nao seria de admirar se todos os montes pulassem e dançassem de alegria ao ver a Mãe do Senhor passar".


    Citadas pela Madre Basilea Schlink, no livro Maria o caminho da Mãe do Senhor.

    ResponderExcluir
  11. Reflitam nessa mensagem no livro Hebreus:

    22De tanto melhor aliança Jesus foi feito fiador.
    23 E, na verdade, aqueles foram feitos sacerdotes em grande número, porque pela morte foram impedidos de permanecer,
    24 Mas este, porque permanece eternamente, tem um sacerdócio perpétuo.
    25 Portanto, pode também salvar perfeitamente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles.
    26 Porque nos convinha tal sumo sacerdote, santo, inocente, imaculado, separado dos pecadores, e feito mais sublime do que os céus;
    27 Que não necessitasse, como os sumos sacerdotes, de oferecer cada dia sacrifícios, primeiramente por seus próprios pecados, e depois pelos do povo; porque isto fez ele, uma vez, oferecendo-se a si mesmo.
    28 Porque a lei constitui sumos sacerdotes a homens fracos, mas a palavra do juramento, que veio depois da lei, constitui ao Filho, perfeito para sempre

    ResponderExcluir
  12. Antigamente os sacerdotes entercediam pelo povo,mas eram empedidos de permanecer por causa da morte. Jesus é o nosso perfeito sacerdote,deu sua vida por nós e ressucitou, e hoje pode também salvar perfeitamente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles .

    Um grande abraço!!!

    ResponderExcluir
  13. Hebreus 7.22-28

    22 De tanto melhor aliança Jesus foi feito fiador.
    23 E, na verdade, aqueles foram feitos sacerdotes em grande número, porque pela morte foram impedidos de permanecer,
    24 Mas este, porque permanece eternamente, tem um sacerdócio perpétuo.
    25 Portanto, pode também salvar perfeitamente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles.
    26 Porque nos convinha tal sumo sacerdote, santo, inocente, imaculado, separado dos pecadores, e feito mais sublime do que os céus;
    27 Que não necessitasse, como os sumos sacerdotes, de oferecer cada dia sacrifícios, primeiramente por seus próprios pecados, e depois pelos do povo; porque isto fez ele, uma vez, oferecendo-se a si mesmo.
    28 Porque a lei constitui sumos sacerdotes a homens fracos, mas a palavra do juramento, que veio depois da lei, constitui ao Filho, perfeito para sempre.

    Antigamente eram os sacerdotes que entercediam
    pelo povo,mas eles eram limitados por causa da morte.

    Louvado seja Deus pela vida de Jesus nosso grande sacerdote,que venceu a morte e hoje pode também salvar perfeitamente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles.

    Um Grande Abraço!

    Any

    ResponderExcluir
  14. Maria mãe de Jesus agraçiada aos olhos de Deus sim .
    Mas nao devemos adora la pois respeito e bom ela foi agraçiada por Deus para trazer o salvador ao povo sendo Jesus nosso intercessor diante de Deus nao anule a divindade de Cristo .
    Maria foi uma mulher obediente a Deus por isso ela obedeçeu
    Faça o mesmo e deixa Deus te usar para proclamr as boas novas desalvaçao

    ResponderExcluir