Pesquisar neste blog

Carregando...

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

As dores de Maria, Mãe de Jesus (Lc 2,33-35) (15/09/08)

        Hoje, a nossa igreja relembra as 7 dores de Maria, Mãe de Jesus. A primeira dessas dores é a do Evangelho de hoje, quando o velho Simeão profetiza que uma espada transpassaria o seu imaculado coração. As outras dores são: a fuga para o Egito, a perca do Menino Jesus, a Paixão, crucifixão, morte e sepultura de Jesus.

        Os sofrimentos de Maria são recordados hoje, mas também devemos lembrar a sua postura diante de cada um desses sofrimentos. Ela não era histérica e nem passiva, mas tinha uma característica que só as melhores mães têm: sabia quando era hora de proteger, mas também sabia quando era hora de incentivar o seu filho, mesmo quando não entendia os desígnios de Deus (e isso aconteceu algumas vezes). Mesmo sofrendo e vendo seu Filho sofrer injustamente, acolhia tudo no seu coração, talvez até sem entender o porquê de seu Filho continuar tão manso e humilde mesmo sendo tão humilhado.

        Que o sofrimento de Maria seja para nós uma oportunidade de aprendizado e crescimento.

        Nossa Senhora das Dores, rogai por nós.

 

Jailson Ferreira

jailsonfisio@hotmail.com

www.reflexaoliturgiadiaria.blogspot.com



Nenhum comentário:

Postar um comentário