Pesquisar neste blog

Carregando...

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Seguir a Cristo não é fácil, mas vale à pena (Mc 8,34-9,1) (20/02/09)

        Seguir a Cristo é uma decisão que implica muitas conseqüências. Não é nada fácil assumir uma cruz e ir em frente. Jesus é bastante claro em suas palavras: renuncie a si mesmo e me siga. E não é seguir de qualquer maneira, mais ou menos, ou pela metade, é seguir ao ponto de morrer pela causa, de dar vida pelo Evangelho, e também morrer para o mundo, para nossos próprios interesses e viver da forma que Cristo pregou, amando, perdoando. Para aqueles que não entenderam a mensagem de Cristo ou a consideram dura demais, de fato não será uma decisão fácil, muito menos feliz, entretanto para aqueles que sabem que essa vida que temos hoje não é nada comparada a vida eterna que ganharemos, com muito prazer carrega sim sua cruz, porque tem consciência que o mundo inteiro não vale a glória de ser de Deus.

Renunciar a si mesmo é não falar de seus próprios sonhos, mas dos sonhos que Deus tem em sua vida. Renunciar a si mesmo é não colocar a culpa em ninguém de seus próprios erros ou problemas, mas reconhecer que é humano e falho e necessita de Jesus para suportar sua humanidade. Renunciar a si mesmo é não ter vergonha de dizer em alto e bom som: NÃO SOU DO MUNDO, EU SOU DE DEUS.

Que o Senhor nos dê a graça de assumirmos o Evangelho em nossas vidas, que nosso humano não seja mais forte ao ponto de negar a Cristo, mas ao contrário, que nossa parte divina se manifeste e sejamos testemunhas do Amor, porque desta forma o Reino de Deus será nossa própria casa, nossa Igreja, nossa vida enfim, será o céu.

 

Ana Luíza Medeiros

analu_medeiros_86@hotmail.com

www.reflexaoliturgiadiaria.blogspot.com



Um comentário:

  1. Amém ! E assim como falas para o povo, continuas também sonhando os sonhos de Deus e colocando Ele em primeiro lugar em tuda vida. Pois Ele te escolheu.

    ResponderExcluir