Pesquisar neste blog

Carregando...

quinta-feira, 19 de março de 2009

Dia de São José (Mt 1,16.18-21.24a) (19/03/09)

        Quantos de nós são capazes de passar por cima do orgulho e reconhecer que a vontade de Deus é maior que nosso ego? Para os homens, principalmente, qual a sensação de ter que assumir um filho que não é seu? José teve essa coragem! Ele também foi escolhido por Deus no plano de salvação. Maria precisava de um homem fiel, justo, misericordioso para estar ao seu lado neste momento de provação.

Percebamos que José, apesar de toda a dor de aparentemente ter sido traído, ele foi bom e não quis denunciar Maria, mas a abandonaria em segredo, pois sabia que se caso soubessem do adultério antes mesmo do casamento, ela seria apedrejada. Ele era bom! Mas, Deus o consolou, e enviou um anjo para lhe mostrar a verdade, e a verdade o libertou!

Libertou porque a partir desta revelação ele pôde assumir sem medo todas as conseqüências de ser pai do Filho de Deus. E ele realmente foi pai de Jesus, o ensinou sua profissão, o sustentou, cuidou d'Ele como filho legítimo. Quanta prova de fidelidade São José nos ensina! 

Hoje, Deus vem perguntar qual sua sintonia com Ele, com Sua vontade? Será que percebemos quando Deus nos fala? Será que aceitamos com obediência os desígnios d'Ele na nossa vida, principalmente nossa vida em família?

Peçamos hoje a graça de que, a exemplo da sagrada família, sejamos canal de graça na vida de outras pessoas, que dentro de nossos lares celebremos um Natal todos os dias e que nossa fé ultrapasse os muros de nossa humanidade.

 

Ana Luíza Medeiros

analu_medeiros_86@hotmail.com

www.reflexaoliturgiadiaria.blogspot.com



Nenhum comentário:

Postar um comentário