Pesquisar neste blog

Carregando...

sábado, 14 de março de 2009

O filho pródigo (Lc 15,1-3.11-32) (14/03/09)

A passagem do Filho pródigo deve ser uma das mais conhecidas de toda a Bíblia, muitos textos, muitas músicas, teatro cristão, enfim, são muitas as maneiras de abordar essa parábola! Eu, especialmente, gosto bastante desta leitura porque cada vez que a fazemos, podemos nos colocar numa posição diferente, ora como o próprio filho perdido, outra como o pai misericordioso, tantas vezes como o irmão invejoso, ou ainda como os que ajudam o filho a gastar toda sua herança.

E hoje, como você está? Você é aquele filho que precisa voltar para casa, que percebe o mal que fez ao se afastar do Pai e num ato de humildade volta e pede perdão? Ou você precisa ser o Pai? Que cheio de compaixão não  se importa com o passado, não pergunta nem por onde o outro andou, mas acolhe, se alegra com o retorno de quem estava morto, mas voltou a viver. Talvez você esteja sendo o irmão invejoso, que necessita do reconhecimento do mundo, que não se alegra com a volta do irmão porque simplesmente não entende como funciona a misericórdia do Pai.

Mas nada disso importa! Hoje, Deus vem dizer que independente de como você se encontra, o estado em que você está, Ele vai continuar te esperando. Se você precisa pedir, dar ou ainda aceitar o perdão, não importa, porque Deus vai estar disposto a te ajudar seja qual for a sua necessidade, seja qual for tua dificuldade!

Peçamos a graça de encontrar em Deus o refúgio para nossas dores, que possamos confiar que mesmo mergulhado no pecado, no erro, somos amados acima de tudo e sempre temos para onde retornar, que é para o Pai, que nos ama como Amor infinito e misericordioso.

 

 

Ana Luiza Medeiros

analu_medeiros_86@hotmail.com

www.reflexaoliturgiadiaria.blogspot.com



3 comentários:

  1. Essa musica toca na alma,lindos vcs cantando Deus o abençõe vcs grandimente.bjos.

    ResponderExcluir
  2. muito linda essa musica..

    ResponderExcluir
  3. essa capacidade de reconhecimento que temos, graça a Deus,vem de Deus,e eu posso ver em voces não só isso mais o amor por ELE.Deus abençoe voces.

    ResponderExcluir