Pesquisar neste blog

Carregando...

sexta-feira, 26 de junho de 2009

Jesus cura um leproso (Mt 8,1-4) (26/06/09)

No tempo de Jesus a lepra era uma doença incurável. Os leprosos ficavam em um lugar isolado de todos. Se por acaso um deles precisasse andar no meio das pessoas, teriam que tocar um sino e gritar bem alto. Aqui vai passando um imundo. Não se aproximem. Era um a situação humilhante, visto que a lepra era considerada uma grande impureza. Caso um leproso ficasse curado, ele teria que se apresentar ao sacerdote que o examinava e em seguida o liberava para andar normalmente em público como qualquer pessoa.  Foi por isso que Jesus ordenou que aquele ex-leproso fosse imediatamente se apresentar ao sacerdote. No mesmo instante, a lepra desapareceu. A cura realizada por Jesus tem como uma demonstração de poder divino se realizando na sua pessoa, mas também tem um caráter de libertação da exclusão social, resultante do iníquo sistema religioso. Jesus naquele momento, respeita aquele sistema vigente enviando aquele homem de fé para se apresentar aos sacerdotes, para não complicar a vida daquele ex-doente perante os líderes judaicos, favorece sua integração social conforme o costume.  O leproso surge da multidão e apela ao poder de Jesus para purificá-lo. Jesus, não tem nojo de tocar um  homem impuro, para o assombro de muita gente, principalmente os líderes religiosos. E aquele homem, vai confirmar diante dos sacerdotes que foi Jesus quem o curou, o que contribui para a inveja e raiva deles com relação ao Filho de Deus.

Será que nós não ficaríamos com receio de colocar a nossa mão naquele leproso? Sim devemos tomar todos os cuidados de higiene para não nos contaminar na hora de cuidar de um doente, mas façamos isso com a devida sutileza para não ofender o nosso irmão ou irmã enferma. Em certas culturas, beber no mesmo copo, é sinal de compartilhar, de amizade, de respeito, etc. Mas isso não é uma prática boa para a saúde, principalmente em se tratando de doença infecto-contagiosa. A mesma coisa, serve para os ministros da eucaristia, que devem lavar suas mãos antes da missa, e simbolicamente no altar antes de distribuir o corpo de Cristo. Higiene é saúde. Tendo bons hábitos de higiene, evitaremos muitas doenças.

 

Sal

Visite também CATEQUESE ATUAL

www.reflexaoliturgiadiaria.blogspot.com

 

JESUS. CURA AS DORES QUE SINTO. DÊ-ME SAÚDE E DISPOSIÇÃO PARA PODER CONTINUAR O MEU TRABALHO MISSIONÁRIO. PEÇO-VOS TAMBÉM PELA SAÚDE  DE...



5 comentários:

  1. TENHO FÉ QUE NAO VOU OBTER NO MEU CORPO A SIFILIS . AMEM

    ResponderExcluir
  2. Muito bonita essa história e muito bem interpretada, parabéns pelo esforço e que Deus te Abençoe...

    ResponderExcluir
  3. O texto nos relata sobre a humildade tanto de Cristo com do leproso.
    Assim devemos ser humildes de alma.

    ResponderExcluir
  4. Jesus Cristo, ele sim é o poderoso!

    ResponderExcluir
  5. Digam comigo :(recebo a agora a cura eu a recebo em o nome de jesus salvador do mundo . Acredito pela fé ;desde já obrigado .)
    -Para ser curado tem que ter fé antes de tudo ,a fé é acreditar em algo que não se vê.Seja feita vossa vontade "assim na terra como no céu..." ou seja feita no seu "pensamento assim será feito no seu corpo." Tú acreditas? então acontecerá...mediante sua fé.amém.

    ResponderExcluir