Pesquisar neste blog

Carregando...

domingo, 18 de abril de 2010

"Apascenta as minhas ovelhas" (Jo 21,1-19) (18/04/2010)

        No evangelho de hoje podemos refletir sobre algo que é muito comum acontecer. Acredito em Jesus,sim!!!Mas não tenho tempo! Muitas pessoas dizem acreditar em Jesus, mas não querem se comprometer com a missão do Bom Pastor.

        Muitos invocam a ajuda de Cristo para resolver uns probleminhas pessoais, mas não ligam para Sua grande obra, a igreja  que Ele fundou. Será Jesus apenas um quebra-galho para uso pessoal?

        Vamos refletir,sobre o papel de Pedro e sua vocação, o papel importante de Pedro e a construção da igreja  de Jesus na terra.

        Contudo podemos observação no evangelho de hoje que Pedro ainda precisa ser confirmado em sua fé.

        Quando ele diz, !  " Vou pescar",revelando um certo desanimo, voltando à sua antiga vocação de pescador de peixes, quase  desistindo da vocação de pescador de homens missão que  o  Mestre havia lhe conferido.

        Podemos dizer que Pedro havia fraquejado em sua fé.Isso também acontece conosco diariamente,fraquejamos na fé e em nosso amor por  Cristo.  Aqui vemos que Pedro havia voltando para sua vida antiga,desanimado em continuar em sua nova vida.

        Então João diz é O Senhor!!!! Quando  Pedro ouve as palavra de João, Pedro se lança ao mar...em direção ao Senhor e começa o diálogo entre O Mestre e Pedro.

        Pedro corajoso se atira ao mar , vai ao encontro de Jesus e   se apresenta  como pecador, assim também nós temos que nos apresentar a Jesus mesmo com nossas fraquezas.

        O Senhor pergunta a Pedro se ele o ama, coisa que já sabia; e pergunta-o, não uma vez mas duas e mesmo três. E, de cada vez, Pedro responde que o ama; e, de cada vez, Jesus lhe confia o cuidado de apascentar as suas ovelhas.

        Podemos  ver que Jesus recebe o amor de Pedro e no nosso amor também  mesmo  que imperfeito.

        Jesus nos quer, assim como a Pedro pescadores de homens. Que bom que consolação vemos neste evangelho que Jesus aceita nosso amor mesmo  que imperfeito ...que aceita nossa vocação apesar de nossas quedas.

        Jesus  confirma nosso  amor.. pára nos dar o um amor mais elevado,ele acolhe nosso amor como acolhe o amor de Pedro.

        À sua tripla renúncia responde aqui uma tripla afirmação de amor. É preciso que a sua língua sirva o seu amor, tal como serviu o seu medo; é preciso que a sua palavra dê testemunho de uma forma tão clara diante da vida como a que fez diante da morte.

        É preciso que ele dê uma prova de amor ocupando-se do rebanho do Senhor, tal como deu prova de temor renegando o Pastor.

        Com efeito, que significam estas palavras: "Amas-me? Apascenta as minhas ovelhas"? É como se dissesse: Se me amas, não te ocupes de ti mesmo mas das minhas ovelhas.

        Não nos preocupemos, pois, conosco mesmos; amemos o Senhor e, ocupando-nos das suas  ovelhas, procuremos o interesse do Senhor sem nos inquietarmos com o nosso.

 

Amém.

 

Abraço carinhoso.

 

Maria Regina

mariareginasilvab@hotmail.com

www.reflexaoliturgiadiaria.blogspot.com



Nenhum comentário:

Postar um comentário