Pesquisar neste blog

Carregando...

domingo, 10 de janeiro de 2010

“SEGUE-ME!” (Mc 2,13-17) (16/01/10)

        Como diz a música: "Sou humano demais para compreender, humano demais para entender, esse jeito que escolheste de amar quem não merece. Que aqueles que escolheste e tomaste pela mão, geralmente eu não os quero ao meu lado".

        Este é o reino de que Jesus vem inaugurar e comunicar com sua vida, morte e ressurreição. E Levi seguiu Jesus, quando foi por Ele chamado para ser seu discípulo. Levi, filho de Alfeu era um publicano, ou seja, um cobrador de impostos odiado, sua profissão o tornava desprezível, pois colaborava com opressores romanos do povo judeu, e sem dúvida, sofria a exclusão. Levi levanta-se, abandonando sua atividade rendosa, era muito rico, mudando de vida, de nome. Levi troca seu nome para Mateus, e será um dos maiores seguidores e apóstolos de Cristo. Mateus escreveu um livro contando a história da vida e morte de Jesus, e ele deu o nome de evangelho.

        E Jesus vai sentar-se à mesa com Levi e com seus amigos, também cobradores de impostos e pecadores. Os fariseus não perdem a chance de atacar e criticar Jesus. E responde Jesus aos fariseus: "Eu não vim para chamar os justos, e sim pecadores para ao arrependimento." Jesus senta-se à mesa com aquela gente considerada impura pelas das autoridades religiosas. Deixando clara a sua opção pelo banquete da vida com os humilhados e excluídos, os chamados "pecadores."

        Nós somos convidados pessoais de Cristo, para romper qualquer norma ou preconceito que deixe alguém fora deste Reino.  Jesus não julga nem condena o cobrador de impostos, convida-o para uma vida diferente, e ele aceita. Jesus olha para Mateus com a ternura e misericórdia de Deus Pai, que cura as feridas e perdoa os pecados. Deixemos que Jesus passe e nos olhe como olhou para Mateus, e que tenhamos a coragem de acolher seu olhar e sua proposta. Sem dúvida, nossa vida será transformada e passará a ser diferente e poderemos ser discípulos de Jesus, que lutam pela sua mesma paixão: o ser humano e a casa que ele habita! E que nada nos detenha quando ouvirmos a voz do Senhor nos chamar para segui-lo.

 

Oração:  Pai coloca-me sempre junto àqueles que mais carecem de tua salvação, e liberta-me de toda espécie de preconceitos que contaminam o meu coração.

 

Mª Elian

CONHEÇA TAMBÉM: LITURGIA COMENTADA

http://reflexaoliturgiadiaria.blogspot.com/ 



Nenhum comentário:

Postar um comentário