Pesquisar neste blog

segunda-feira, 3 de maio de 2010

“O mundo vos odeia, sabei que primeiro odiou a mim.” (Jo 15,18-21) (08/05/2010)

        Quando Jesus falou para os apóstolos que eles não são do mundo, estava querendo dizer que os escolhidos, para evangelizar  não precisam se preocupar com as coisas desse mundo, mais sim com as coisas do alto, as coisas do plano do Pai. Não devem se agarrar às coisas materiais. Usem-nas como se não estivessem usando.

        Jesus avisa que o mundo vai odiar os escolhidos e enviados, pelo fato deles denunciar as coisas erradas, as injustiças, pois os injustos não gostam  de quem aponta os seus erros. Foi o que aconteceu a Ele. Jesus denunciou  o comportamento errado dos fariseus, doutores da Lei, sacerdotes, etc. Por isso o condenaram a humilhante morte de cruz.

        Portanto, nós que evangelizamos, devemos tomar cuidado com as palavras que usamos. Não devemos cutucar nenhum leão com varas curtas, por causa de possíveis retaliações. Por outro lado,  não vamos nos acovardar fazendo um trabalho incompleto.  Podemos denunciar falando de forma abrangente, sem dar nomes aos bois.  E contar com a proteção de Jesus.

        Jesus explica que "Se me perseguiram a mim, também perseguirão a vós."  Mais isso não é uma constante, não é uma realidade fatal que acontece sempre. Poderá acontecer. Não vamos nos prender somente a essas palavras de alerta de Jesus, senão o nosso trabalho será prejudicado pelo medo. Vamos pensar em coisas boas, positivas, como as outras frases que Jesus disse, por exemplo: "Se guardaram a minha palavra, também guardarão a vossa."   "Estarei convosco até o fim dos tempos" . " As portas dos infernos não se prevalecerão contra ela ( a  Igreja)" "Quando  forem levados ao tribunal, não vos preocupeis com o que vão dizer, pois o Espírito Santo falará por vocês". "Vocês que largaram mulher e filhos para evangelizar, terão cem vezes mais nesta vida, e ainda a vida eterna".   Isto é muito animador. Saber que não estamos sozinhos nem desprotegidos nesta caminhada de levar a mensagem de Jesus ao irmão. De saber que as nossas palavras não irão ao vento, passando por cima das cabeças de quem nos ouve semelhante àqueles sermões eruditos com palavras que o povo não entende e que não  produzem nenhum fruto.

        Prezados irmãos e irmãs. O que Jesus está nos dizendo hoje é que  somos especiais. Que contamos com a força do alto para a execução do nosso trabalho. Que podemos contar com o auxílio infalível e imediato de Deus nas horas difíceis e mesmo perigosas. Tudo isso porque estamos agindo e falando em nome de Deus Pai Todo Poderoso!  Por isso, catequistas vão em frente. Não tenham medo. Jesus  ama vocês  e está sempre do vosso lado!

 

Sal.

MAIS OPÇÕES PARA SACIAR SUA SEDE DE DEUS.

http://liturgiadiariacomentada.blogspot.com/

http://homiliadominical.blogspot.com/

http://reflexaoliturgiadiaria.blogspot.com/



Um comentário:

  1. "Portanto, nós que evangelizamos, devemos tomar cuidado com as palavras que usamos. Não devemos cutucar nenhum leão com varas curtas, por causa de possíveis retaliações." Como assim? Isso esta completamente errado, esta inibindo os leitores de evangelizar de forma correta.
    Devemos evangelizar sem medo, as conseguencias estarão sob os olhos de DEUS, diz em Romanos 12, 19 -21 " Não vos vingueis a vós mesmos, amados, mas dai lugar à ira de Deus, porque está escrito: Minha é a vingança, eu retribuirei, diz o Senhor.".

    ResponderExcluir